> Busca por Tema > Ambiente de Aprendizagem




Imprimir
Questão:19. O que se sabe sobre o CONFORTO FÍSICO do edifício escolar?
Resposta: A escola deve ser um local de integração entre interior e exterior, ou seja, as mudanças do tempo e ritmos do dia, estações do ano devem ser perceptíveis do lado de dentro da edificação escolar.
Referência1:CEPPI, G.; ZINI, M. Children, spaces, relations: metaproject for an environment for young children. Italy: Reggio Children, 1998.
Referência2:MACHADO, T. G. AMBIENTE ESCOLAR INFANTIL. 2008. 221f. Dissertação (Mestrado - área de concentração projeto espaço e cultura). Faculdade de Arquitetura e Urbanismo. Universidade de São Paulo, São Paulo. - Disponivel em http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/16/16136/tde-25032010-141702/pt-br.php - Acessado em 21/05/2014
Questão:21. Quais são as considerações do cliente com relação ao AMBIENTE SOCIAL/PSICOLÓGICO a ser providenciado?
Resposta:A escola Reggio Emília deve ser pensada como um organismo vivo, um lugar onde as crianças possam explorá-lo das mais variadas maneiras. O AMBIENTE físico escolar deve integrar o programa educacional através da organização do trabalho no ambiente, proporcionando a liberdade de movimento, independência e interação máxima entre os usuários. Ao mesmo tempo, o ambiente físico deve ser aconchegante e suficiente para que as crianças, as famílias e os professores sintam-se confortáveis.
Referência1:EDWARDS, C.; GANDINI, L.; FORMAN, G. As cem linguagens da criança: a abordagem de Reggio Emilia na educação da primeira infância. Porto Alegre. Artmed, 1999. 319p.
Questão:23. Quais são os objetivos da CIRCULAÇÃO de pessoas e veículos para que proporcione aos usuários boa orientação, senso de direção e fácil localização da entrada?
Resposta:Na organização espacial da escola Reggio Emília, evita-se o corredor, bem como espaços dedicados para a distribuição e conexão. A intenção é eliminar espaços que, tradicionalmente, são utilizados para impor regras e disciplina.
Referência1:CEPPI, G.; ZINI, M. Children, spaces, relations: metaproject for an environment for young children. Italy: Reggio Children, 1998.
Questão:41. Qual é a relação entre aluno/m² ideal (PARÂMETRO DE ÁREA) para as principais atividades pedagógicas?
Resposta:1. Desenvolvimento de projeto: variedade de espaços Atividade em grupo (ensino informal) - 3.25 m²/pessoa; Atividade individual - 1,5 a 2,00 m²/ pessoa; Sala de projeto - 6.50 m²/pessoa; Laboratórios - variável; Ateliê - variável; Workshop - variável; Anfiteatro - 0,55 a 0,70 m²/assento; Auditório - 1.00 m²/pessoa; Áreas comuns - 7,43 m²/pessoa; Sala dos professores - 3,32 m²/pessoa.
Referência1:SOLER, C.; KOWALTOWSKI, D. C. C. K.; PINA, S. A. M. G. Conforto em auditórios: uma proposta de procedimento para o projeto. In: Encontro Nacional e Latino Americano de Conforto no Ambiente Construído. VIII e VI. 2005. Maceió. Anais...Maceió: Antac. 2005. - Disponivel em http://www.iar.unicamp.br/lab/luz/ld/Arquitetura%20teatral/Artigos/conforto_em_auditorios_proposta_de_procedimento_para_o_projeto.pdf - Acessado em 30/09/2014
Referência2:SCOTT-WEBBER. In Sync. Environmental Behavior Research and the Design of Learning Spaces. Michigan: The Society for College and University Planning, 2009.
Referência3:NEUFERT, E. Arte de projetar em arquitetura. Tradução da 21ed. alemã. 5ºed. São Paulo: Gustavo Gili do Brasil, 1976, 431p.
Questão:48. Quais são as pistas de tráfego necessárias para a CIRCULAÇÃO de pedestres e veículos do edifício?
Resposta:Para integrar os diferentes ambientes e permitir a CIRCULAÇÃO de pessoas, os edifícios escolares Reggio Emila dão preferencia a espaços centrais de uso comum (praças centrais), evitando corredores e/ou espaços dedicados a distribuição.
Referência1:CEPPI, G.; ZINI, M. Children, spaces, relations: metaproject for an environment for young children. Italy: Reggio Children, 1998.
Questão:50. Como ADEQUAR o espaço escolar para abrigar devidamente os estudantes e as atividades pedagógicas?
Link:ADEQUAR O ESPAÇO?
Resposta:A escola deve encorajar as crianças a terem uma vida saudável através da prática de diferentes atividades físicas. Para ver orientações projetuais para espaços destinados a atividade física, acesse o link abaixo.
Link:ESPAÇOS PARA PRATICAR ESPORTES
Referência1:GORMAN, N. LACKNEY, J. A.; ROLLINGS, K.; HUANG, T.T. Designer schools: the role of school space and architecture in obesity prevention. Obesity (Silver Spring, Md.), v. 15, n. 11, p. 2521–2530, nov. 2007. - Disponivel em http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/18070739 - Acessado em 06/06/2015
Referência2:KOWALTOWSKI, D. C. C. K. Arquitetura escolar o projeto do ambiente de ensino. São Paulo: Oficina de Textos, 2011.
Referência3:LIPPMAN, P. C. Evidence-based design of elementary and secondary schools. Hoboken, N.J: J. Wiley, 2010.
Referência4:O'Donnell Wicklund Pigozzi and Peterson, Architects Inc, VS Furniture, and Bruce Mau Design. The Third Teacher: 79 Ways You Can Use Design to Transform Teaching & Learning. New York: Abrams, 2010.254p.
Referência5:NAIR, P.; FIELDING, R.; LACKNEY, J. The Language of School Design: Design Patterns for 21st Century Schools. 2º. ed. EUA: National Clearinghouse for Educational Facilities, 2009.
Referência6:NEUFERT, E. Arte de projetar em arquitetura. Tradução da 21ed. alemã. 5ºed. São Paulo: Gustavo Gili do Brasil, 1976, 431p.
Questão:50. Como ADEQUAR o espaço escolar para abrigar devidamente os estudantes e as atividades pedagógicas?
Link:ADEQUAR O ESPAÇO?
Resposta:DISPLAY SPACE Próprio para expor ideias, esse espaço é composto de móveis para expor trabalho dos alunos em desenvolvimento ou já finalizado. Pode estar localizado a entrada, nos espaços de circulação ou salas de aula. Deve dar suporte o processo de aprendizado através das atividades de aprendizagem, desenvolvimento do processo e finalização do produto.
Link:ESPAÇO PARA EXPOSIÇÃO
Referência1:FISHER, K. Linking Pedagogy and space. Melbourne, Victoria, Austrália: Department of Education and Training, 2005. - Disponivel em http://www.education.vic.gov.au/Documents/school/teachers/teachingresources/interdisciplinary/ict/pedagspace.pdf - Acessado em 30/04/2011
Referência2:NAIR, P.; FIELDING, R.; LACKNEY, J. The Language of School Design: Design Patterns for 21st Century Schools. 2º. ed. EUA: National Clearinghouse for Educational Facilities, 2009.
Referência3:KOWALTOWSKI, D. C. C. K. Arquitetura escolar o projeto do ambiente de ensino. São Paulo: Oficina de Textos, 2011.
Referência4:MCGREGOR, J. Understanding and managing classroom space. Curriculum Briefing, v. 5, n. 2, p. 16–19, 2007. - Disponivel em http://www.scsk12.org/uf/TalentManagement/vlp/wp-content/uploads/2014/02/Classroom-space.pdf - Acessado em 20/10/2015
Questão:50. Como ADEQUAR o espaço escolar para abrigar devidamente os estudantes e as atividades pedagógicas?
Link:ADEQUAR O ESPAÇO?
Resposta:BIBLIOTECA A biblioteca tem um importante papel no aprendizado dos alunos, pois é um lugar onde os estudantes podem se engajar com seus próprios projetos, explorar novos temas e textos sozinhos de acordo com seu interesse e desejo. Esse espaço pode também promover encontros entre os estudantes.
Link:BIBLIOTECA
Referência1:NAIR, P.; FIELDING, R.; LACKNEY, J. The Language of School Design: Design Patterns for 21st Century Schools. 2º. ed. EUA: National Clearinghouse for Educational Facilities, 2009.
Referência2:Whole Building Design Guide - Disponivel em https://www.wbdg.org/ - Acessado em 05/03/2014
Referência3:SOUSA, M. N. P. de O e. Padrões em projetos arquitetônicos de bibliotecas públicas. 2012. 237f. Dissertação (Mestrado) Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo. Unicamp. Campinas. - Disponivel em http://www.bibliotecadigital.unicamp.br/document/?code=000896577 - Acessado em 12/01/2016
Referência4:KAYA, N.; BURGESS, B. Territoriality: Seat Preferences in Different Types of Classroom Arrangements. Environment and Behavior, v. 39, n. 6, p. 859–876, 10 jul. 2007. - Disponivel em http://eab.sagepub.com/content/39/6/859.abstract - Acessado em 14/08/2015
Referência5:OKAMOTO, J. Percepção Ambiental e Comportamento. São Paulo: Plêiade, 1996. 200p.
Referência6:DEAN, E.; DEMMERS, L. Universal Access in Libraries. Califórnia: Institute of Museum and Library Services, 2004. - Disponivel em http://www.compassionatelibrarian.net/uploads/1/2/8/0/12807133/universalaccesslibraries.pdf - Acessado em 13/12/2015
Questão:50. Como ADEQUAR o espaço escolar para abrigar devidamente os estudantes e as atividades pedagógicas?
Link:ADEQUAR O ESPAÇO?
Resposta:Espaço para REFLETIR e DESCANSAR Espaços silenciosos para acomodar pessoas sozinhas ou pequenos grupos. Devem suportar espaços silenciosos para trabalho, estudo, reflexão ou descanso.
Link:ESPAÇO PARA REFLETIR E DESCANSAR
Referência1:NAIR, P.; FIELDING, R.; LACKNEY, J. The Language of School Design: Design Patterns for 21st Century Schools. 2º. ed. EUA: National Clearinghouse for Educational Facilities, 2009.
Questão:50. Como ADEQUAR o espaço escolar para abrigar devidamente os estudantes e as atividades pedagógicas?
Link:ADEQUAR O ESPAÇO?
Resposta:ESPAÇO PARA ARTE Espaços destinados a apresentações musicais, dramatizações, exposições, entre outras devem estar integrados aos demais ambientes da escola. As diferentes formas de expressão artística são parte integrante do processo de ensino e aprendizagem. Para ver orientações de projeto para ESPAÇO PARA ARTE, acesse o link abaixo.
Link:ESPAÇOS PARA ARTE
Referência1:NAIR, P.; FIELDING, R.; LACKNEY, J. The Language of School Design: Design Patterns for 21st Century Schools. 2º. ed. EUA: National Clearinghouse for Educational Facilities, 2009.
Referência2:LIPPMAN, P. C. Evidence-based design of elementary and secondary schools. Hoboken, N.J: J. Wiley, 2010.
Referência3:BERGSAGEL, V. Architecture for achievement: building patterns for small school learning. Mercer Island, Wash.: Eagle Chatter Press, 2007.
Referência4:SOLER, C.; KOWALTOWSKI, D. C. C. K.; PINA, S. A. M. G. Conforto em auditórios: uma proposta de procedimento para o projeto. In: Encontro Nacional e Latino Americano de Conforto no Ambiente Construído. VIII e VI. 2005. Maceió. Anais...Maceió: Antac. 2005. - Disponivel em http://www.iar.unicamp.br/lab/luz/ld/Arquitetura%20teatral/Artigos/conforto_em_auditorios_proposta_de_procedimento_para_o_projeto.pdf - Acessado em 30/09/2014
Questão:50. Como ADEQUAR o espaço escolar para abrigar devidamente os estudantes e as atividades pedagógicas?
Link:ADEQUAR O ESPAÇO?
Resposta:SALA DE PROJETO: Espaço que proporciona uma variedade de superfícies de trabalho, espaço para guardar material, área para guardar projetos em desenvolvimento, ferramentas e tecnologia. Esse ambiente acolhe atividades interativas que enfatizam o aprendizado através do "fazer com as mãos". Para ver orientações de projeto para SALA DE PROJETO, acesse o link abaixo.
Link:SALA DE PROJETO
Referência1:FISHER, K. Linking Pedagogy and space. Melbourne, Victoria, Austrália: Department of Education and Training, 2005. - Disponivel em http://www.education.vic.gov.au/Documents/school/teachers/teachingresources/interdisciplinary/ict/pedagspace.pdf - Acessado em 30/04/2011
Referência2:DOVEY, K.; FISHER, K. Designing for adaptation: the school as socio-spatial assemblage. The Journal of Architecture, v. 19, n. 1, p. 43–63, 2 jan. 2014. - Disponivel em http://www.tandfonline.com/doi/abs/10.1080/13602365.2014.882376 - Acessado em 23/04/2015
Referência3:LIPPMAN, P. C. The L-Shaped Classroom: A Pattern for Promoting Learning. [s.l.] DesignShare, 2006. - Disponivel em http://www.designshare.com/index.php/articles/the-l-shaped-classroom/ - Acessado em 18/03/2014
Referência4:SCOTT-WEBBER. In Sync. Environmental Behavior Research and the Design of Learning Spaces. Michigan: The Society for College and University Planning, 2009.
Questão:50. Como ADEQUAR o espaço escolar para abrigar devidamente os estudantes e as atividades pedagógicas?
Link:ADEQUAR O ESPAÇO?
Resposta:LABORATÓRIO: Destinados a abrigar atividades que requer móveis e/ou equipamentos espacializados, estes espaços devem proporcionar espaço e infraestrutura para praticar habilidades especiais. Local onde são realizadas atividades interativas, com ênfase no aprendizado pelo fazer. Para ver orientações de projeto para LABORATÓRIO, acesse o link abaixo.
Link:LABORATÓRIO
Referência1:HICKMAN, R. Art Rooms and Art Teaching. Art Education, v. 54, n. 1, p. 6–11, 1 jan. 2001. - Disponivel em http://aorakiehsas.wikispaces.com/file/view/art+rooms+and+art+teaching.pdf - Acessado em 19/10/2015
Referência2:NAIR, P.; FIELDING, R.; LACKNEY, J. The Language of School Design: Design Patterns for 21st Century Schools. 2º. ed. EUA: National Clearinghouse for Educational Facilities, 2009.
Referência3:TAYLOR, A. P. Linking architecture and education: sustainable design for learning environments. Albuquerque: University of New Mexico Press, 2009. 472p.
Referência4:THE ASSOCIATION FOR SCIENCE EDUCATION. School Science Accomodation. An overview of design for architects, designers and schools. Hertfordshire: [s.n.]2015. - Disponivel em http://www.ase.org.uk/resources/lab-design/ - Acessado em 15/04/2015
Referência5:FISHER, K. Linking Pedagogy and space. Melbourne, Victoria, Austrália: Department of Education and Training, 2005. - Disponivel em http://www.education.vic.gov.au/Documents/school/teachers/teachingresources/interdisciplinary/ict/pedagspace.pdf - Acessado em 30/04/2011
Referência6:DOVEY, K.; FISHER, K. Designing for adaptation: the school as socio-spatial assemblage. The Journal of Architecture, v. 19, n. 1, p. 43–63, 2 jan. 2014. - Disponivel em http://www.tandfonline.com/doi/abs/10.1080/13602365.2014.882376 - Acessado em 23/04/2015
Questão:50. Como ADEQUAR o espaço escolar para abrigar devidamente os estudantes e as atividades pedagógicas?
Link:ADEQUAR O ESPAÇO?
Resposta:O ambiente de aprendizagem FLEXÍVEL deve proporcionar ao aprendiz a possibilidade de modificar o ambiente para demandas de trabalho em grupo e/ou individual, bem como acomodar diferentes modalidades de aprendizagem, permitindo ao usuário mudar a configuração do espaço sempre que necessário. Para ver orientações de projeto para salas de aula FLEXÍVEL, acesse o link abaixo.
Link:SALA DE AULA FLEXÍVEL
Referência1:FISHER, K. Linking Pedagogy and space. Melbourne, Victoria, Austrália: Department of Education and Training, 2005. - Disponivel em http://www.education.vic.gov.au/Documents/school/teachers/teachingresources/interdisciplinary/ict/pedagspace.pdf - Acessado em 30/04/2011
Referência2:KOWALTOWSKI, D. C. C. K. Arquitetura escolar o projeto do ambiente de ensino. São Paulo: Oficina de Textos, 2011.
Referência3:MONAHAN, T. Flexible Space & Built Pedagogy: emerging IT Embodiments. Inventio, v. 4, n. 1, p. 1–19, 2002. - Disponivel em http://www.torinmonahan.com/#!papers-on-education-and-technology/cmhy - Acessado em 26/05/2014
Referência4:LALOUEYAN, M.; SOBOUTI, H. Seating Arrangement Impact on the Students’Learning in Educational Spaces. International Journal of Basic Sciences & Applied Research, v. 3, p. 170–179, 2014. - Disponivel em http://isicenter.org/fulltext2/paper-28022015094826.pdf - Acessado em 24/06/2015
Referência5:VAN DER VOORDT, T. J. M.; VAN WEGEN, H. B. R. Arquitetura sob o olhar do usuário. Tradução de Maria Beatriz de Medina. São Paulo: Oficina de Textos, 2013. 237p.
Questão:50. Como ADEQUAR o espaço escolar para abrigar devidamente os estudantes e as atividades pedagógicas?
Link:ADEQUAR O ESPAÇO?
Resposta:REFEITÓRIO Deve-se providenciar para os alunos ambientes encorajem a alimentação saudável. Para ver mais orientações de projeto para ESPAÇO PARA ALIMENTAÇÃO, acesse o link abaixo
Link:ESPAÇO PARA ALIMENTAÇÃO
Referência1:HUANG, T. T.-K.; SORENSEN, D.; DAVIS, S.; FRERICHS, L.; BRITTIN, J.; CELENTANO, J. CALLAHANK.; TROWBRIDGE, M. J. Healthy Eating Design Guidelines for School Architecture. Preventing Chronic Disease, v. 10, p. E27, 2013. - Disponivel em http://www.cdc.gov/pcd/issues/2013/12_0084.htm - Acessado em 12/02/2015
Referência2:NAIR, P.; FIELDING, R.; LACKNEY, J. The Language of School Design: Design Patterns for 21st Century Schools. 2º. ed. EUA: National Clearinghouse for Educational Facilities, 2009.
Referência3:GORMAN, N. LACKNEY, J. A.; ROLLINGS, K.; HUANG, T.T. Designer schools: the role of school space and architecture in obesity prevention. Obesity (Silver Spring, Md.), v. 15, n. 11, p. 2521–2530, nov. 2007. - Disponivel em http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/18070739 - Acessado em 06/06/2015
Questão:50. Como ADEQUAR o espaço escolar para abrigar devidamente os estudantes e as atividades pedagógicas?
Link:ADEQUAR O ESPAÇO?
Resposta:SALA DOS PROFESSORES Espaço para trabalhar em grupo ou individual destinada a equipe de professores. Preferencialmente, deve ficar próximo a área destinada preparação do material e espaços de encontro. Para ver mais orientações de projeto para SALA DO PROFESSOR, acesse o link abaixo.
Link:SALA DO PROFESSOR
Referência1:FISHER, K. Linking Pedagogy and space. Melbourne, Victoria, Austrália: Department of Education and Training, 2005. - Disponivel em http://www.education.vic.gov.au/Documents/school/teachers/teachingresources/interdisciplinary/ict/pedagspace.pdf - Acessado em 30/04/2011
Referência2:KOWALTOWSKI, D. C. C. K. High School Building Design in Relation ti New and Changing Teaching Methods and Their Goals. 1970. 139p. Thesis (Master of Architecture).University of California. Berkeley.
Referência3:LACKNEY. Thirty Three Educational Design Principles for Schools & Community. National Cleanringhouse for Educational Facilities, 2000. - Disponivel em http://eric.ed.gov/?id=ED450544 - Acessado em 25/05/2014
Referência4:NAIR, P.; FIELDING, R.; LACKNEY, J. The Language of School Design: Design Patterns for 21st Century Schools. 2º. ed. EUA: National Clearinghouse for Educational Facilities, 2009.
Questão:50. Como ADEQUAR o espaço escolar para abrigar devidamente os estudantes e as atividades pedagógicas?
Link:ADEQUAR O ESPAÇO?
Resposta:ÁREA DE APRENDIZADO INFORMAL Áreas amplas destinadas não só para encontros casuais, mas também para o aprendizado informal em grupo ou individual, reflexões individuais e discussões informais. A atmosfera informal desse espaço permite ao aluno um descanso dos ambientes de ensino formal. Para ver orientações de projeto para ÁREAS DE APRENDIZADO INFORMAL, acesse o link abaixo
Link:ÁREAS DE APRENDIZADO INFORMAL
Referência1:NAIR, P.; FIELDING, R.; LACKNEY, J. The Language of School Design: Design Patterns for 21st Century Schools. 2º. ed. EUA: National Clearinghouse for Educational Facilities, 2009.
Questão:50. Como ADEQUAR o espaço escolar para abrigar devidamente os estudantes e as atividades pedagógicas?
Link:ADEQUAR O ESPAÇO?
Resposta:É importante que o aluno tenha um lugar seguro para guardar seus pertences. Para consultar orientações de projeto para ESPAÇO PARA GUARDAR PERTENCES, acesse o link abaixo
Link:ESPAÇO PARA GUARDAR PERTENCES
Referência1:KOWALTOWSKI, D. C. C. K. Arquitetura escolar o projeto do ambiente de ensino. São Paulo: Oficina de Textos, 2011.
Referência2:NAIR, P.; FIELDING, R.; LACKNEY, J. The Language of School Design: Design Patterns for 21st Century Schools. 2º. ed. EUA: National Clearinghouse for Educational Facilities, 2009.
Questão:50. Como ADEQUAR o espaço escolar para abrigar devidamente os estudantes e as atividades pedagógicas?
Link:ADEQUAR O ESPAÇO?
Resposta:O contato com a natureza traz muitos benefícios para a criança. Para ver orientações de projeto para áreas externas, acesse o link abaixo.
Link:ÁREAS EXTERNAS
Referência1:FEDRIZZI, B. Subsídios para projetos de pátios escolares públicos em Porto Alegre. ARQTEXTO, Porto Alegre. Nº8. p. 96–101, 2006. - Disponivel em http://www.ufrgs.br/propar/publicacoes/ARQtextos/PDFs_revista_8/8_Beatriz%20Fedrizzi.pdf - Acessado em 23/02/2015
Referência2:LACKNEY. Thirty Three Educational Design Principles for Schools & Community. National Cleanringhouse for Educational Facilities, 2000. - Disponivel em http://eric.ed.gov/?id=ED450544 - Acessado em 25/05/2014
Referência3:MOZAFFAR, F.; SOMAYEH MIRMORADI, S.. Effective Use of Nature in Educational Spaces Design. Organization, Technology & Management in Construction: An International Journal, v. 4, n. 1, p. 381-392, 2012. - Disponivel em http://www.grad.hr/otmcj/clanci/vol4_is1/vol4_is1_3.html - Acessado em 21/05/2014
Referência4:RUSSELL, M. H. Conecting Children to Nature in a Montessori Primary Environment. Master of Science in Education. 2014. 64p. Thesis (Master of Science in Education - Montessori ). University of Wisconsin. Wisconsin. - Disponivel em https://minds.wisconsin.edu/handle/1793/69013 - Acessado em 13/02/2015
Referência5:SANOFF, H.; WALDEN, R. School Environments. In: The Oxford handbook of environmental and conservation psychology. New York: Oxford University Press, 2012. p. 276-294.
Referência6:TAYLOR, A. P. Linking architecture and education: sustainable design for learning environments. Albuquerque: University of New Mexico Press, 2009. 472p.
Questão:55. Quais são as RELAÇÕES DE ÁREA? Por exemplo: área de cobertura, a quantidade de pessoas por m² e outras medidas de comparação de densidade?.
Resposta:Superfície de aula: 1,5m² por estudante (mínimo); 2,0m² a 6,0m² (ideal). Número de alunos recomendado na escola é 70 alunos. Para os primeiros anos (3 meses a 3 anos) devem ser divididos em 4 grupos (18 alunos em cada grupo). Para os anos seguintes (3 a 6 anos) deve-se dividir em 3 grupos (24 alunos em cada grupo).
Referência1:NEUFERT, E. Arte de projetar em arquitetura. Tradução da 21ed. alemã. 5ºed. São Paulo: Gustavo Gili do Brasil, 1976, 431p.
Referência2:SÁ, A. L. de. Um olhar sobre a abordagem educacional de Reggio Emilia. Revista Paidéia, v. 7, n. 08, 2010. - Disponivel em http://www.fumec.br/revistas/paideia/article/view/1281 - Acessado em 19/10/2015
Questão:62. Qual é o efeito da EFICIÊNCIA do LAYOUT na qualidade da edificação?
Resposta:O LAYOUT do ambiente escolar deve possibilitar a fácil manipulação e transformação pelos adultos e crianças, bem como proporcionar diferentes usos. O espaço escolar deve ter a propriedade de possibilitar a constante modelagem e redesenho do mesmo, resultado da experimentação das crianças e professores. Em outras palavras, o ambiente deve ser projetado para estimular a interação social, provocar a discussão e compartilhar sentimentos e experiências.
Referência1:CEPPI, G.; ZINI, M. Children, spaces, relations: metaproject for an environment for young children. Italy: Reggio Children, 1998.
Referência2:MACHADO, T. G. AMBIENTE ESCOLAR INFANTIL. 2008. 221f. Dissertação (Mestrado - área de concentração projeto espaço e cultura). Faculdade de Arquitetura e Urbanismo. Universidade de São Paulo, São Paulo. - Disponivel em http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/16/16136/tde-25032010-141702/pt-br.php - Acessado em 21/05/2014
Referência3:FIRLIK, R. Promoting development through constructing appropriate environments: Preschools in Reggio Emilia, Italy. Day Care and Early Education, v. 22, n. 1, p. 12–20, 1 set. 1994. - Disponivel em http://link.springer.com/article/10.1007%2FBF02361422 - Acessado em 22/04/2014
Questão:63. Qual é o efeito dos EQUIPAMENTOS na QUALIDADE do espaço projetado?
Resposta:O ambiente de aprendizagem é um espaço de experimentação e como tal deve abrigar instrumentos e materiais alternativos a partir de temas definidos pelo professor. Assim, cada sala deve apresentar materiais, EQUIPAMENTOS e brinquedos próprios que variam em função da idade e dos interesses das crianças e dos professores.
Referência1:CEPPI, G.; ZINI, M. Children, spaces, relations: metaproject for an environment for young children. Italy: Reggio Children, 1998.
Questão:74. Quais são os PARÂMETROS de ESPAÇO para atividades específicas e o número de participantes?
Resposta:Cálculo para 25 alunos por ambiente de aprendizagem: 1. Sala de aula flexível para trabalho individual ou pequenos grupos: 40m² a 50m² para 25 alunos (1,5 a 2,00m² por aluno). 2. Sala de projeto - recomenda-se 162,50m² para 25 alunos (consultar Menu Conceitos da Psicologia Ambiental, submenu Densidade Humana). 3. Área externa (para crianças de 2 a 5 anos): - mínimo de 7,5m²/criança; - recomendado 10m²/criança - generoso 20m²/criança. 4. Laboratório especializado – consultar Menu Arquitetura escolar, submenu Ambientes de Aprendizagem – Laboratórios. 5. Biblioteca - não foi encontrado valor referencial. 6. Espaço para descanso - 10m² 7. Espaço para artes - não foi encontrado valor referencial. 8. Espaço para exposição - 20m² 9. Anfiteatro (representar, dançar, cantar) - 0,55 a 0,7 m² por assento. 10. Auditório (ouvir histórias, palestras) e/ou sala de exposição oral - recomenda-se 40 a 50m² para 25 alunos (1,5 a 2,00m² por aluno).
Referência1:NEUFERT, E. Arte de projetar em arquitetura. Tradução da 21ed. alemã. 5ºed. São Paulo: Gustavo Gili do Brasil, 1976, 431p.
Referência2:FEDRIZZI, B. Subsídios para projetos de pátios escolares públicos em Porto Alegre. ARQTEXTO, Porto Alegre. Nº8. p. 96–101, 2006. - Disponivel em http://www.ufrgs.br/propar/publicacoes/ARQtextos/PDFs_revista_8/8_Beatriz%20Fedrizzi.pdf - Acessado em 23/02/2015
Referência3:FISHER, K. Linking Pedagogy and space. Melbourne, Victoria, Austrália: Department of Education and Training, 2005. - Disponivel em http://www.education.vic.gov.au/Documents/school/teachers/teachingresources/interdisciplinary/ict/pedagspace.pdf - Acessado em 30/04/2011
Referência4:SCOTT-WEBBER. In Sync. Environmental Behavior Research and the Design of Learning Spaces. Michigan: The Society for College and University Planning, 2009.
Questão:81. Existe a necessidade de INTEGRAÇÃO OU PRIVACIDADE (audiovisual) entre as atividades pedagógicas? Em caso de privacidade, o grau de isolamento deve ser mínimo ou máximo?.
Resposta:A transparência, a fluidez e a iluminação são qualidades muito presentes no ambiente das escolas Reggio Emília. Assim, o ambiente físico deve ser projetado sem obstruções para que a iINTEGRAÇÃO seja uma qualidade presente em todos os espaços de aprendizagem. Para ver o gráfico INTEGRAÇÃO E/OU SEPARAÇÃO das atividades, acesse o link abaixo.
Link:ATIVIDADES: INTEGRAÇÃO E/OU SEPRAÇÃO.
Referência1:LIPPMAN, P. C. Evidence-based design of elementary and secondary schools. Hoboken, N.J: J. Wiley, 2010.
Questão:83. Como expressar os SÍMBOLOS DE AUTORIDADE a partir da relação conceito de hierarquia e seus objetivos?
Resposta:A concretização da ideia de comunidade se reflete no espaço através de alguns elementos sempre presente no espaço físico como: a praça, horizontalidade, espaços para exposição, transparência. Para ver o gráfico SÍMBOLOS DE HIERARQUIA, acesse o link abaixo.
Link:SÍMBOLO DE AUTORIDADE
Referência1:MACHADO, T. G. AMBIENTE ESCOLAR INFANTIL. 2008. 221f. Dissertação (Mestrado - área de concentração projeto espaço e cultura). Faculdade de Arquitetura e Urbanismo. Universidade de São Paulo, São Paulo. - Disponivel em http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/16/16136/tde-25032010-141702/pt-br.php - Acessado em 21/05/2014
Referência2:CEPPI, G.; ZINI, M. Children, spaces, relations: metaproject for an environment for young children. Italy: Reggio Children, 1998.
Questão:87. Existe a necessidade de um espaço comum MULTIPROPÓSITO ou com TRÁFEGO MULTIDIRECIONAL com a intenção de PROMOVER ENCONTROS combinados ou eventuais?
Resposta:A "Praça Central" é destinado a estimular e suportar o convívio entre os indivíduos, ENCONTROS entre grupos, relações sociais. Varandas, jardins de inverso e espaços externos também são importantes para as PROMOVER ENCONTROS e manter contato com a natureza e seus ciclos. Para ver o gráfico espaços MULTIPROPÓSITO e MULTIDIRECIONAL, acesse o link abaixo.
Link:MULTIPROPÓSITO E MULTIDIRECIONAL
Referência1:CEPPI, G.; ZINI, M. Children, spaces, relations: metaproject for an environment for young children. Italy: Reggio Children, 1998.
Questão:96. Existe a necessidade NICHOS INDIVIDUAIS ou TERRITORIALIDADE de estudantes e professores?
Resposta:A pedagogia Reggio Emília desenvolve uma grande variedade de atividades com seus alunos. O ambiente de aprendizagem é organizado tanto para atender trabalhos em grupos como individuais. Portanto, é importante prever NICHOS INDIVIDUAIS, também.
Referência1:BARACHO, N. V. de P. A documentação na abordagem de Reggio Emilia para a Educação Infantil e suas contribuições para as práticas pedagógicas. 2012. 236f. Dissertação (Mestrado em Educação). Faculdade de Educação. Universidade de São Paulo. São Paulo. - Disponivel em http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-26032012-161504/pt-br.php - Acessado em 23/03/2014
Referência2:SÁ, A. L. de. Um olhar sobre a abordagem educacional de Reggio Emilia. Revista Paidéia, v. 7, n. 08, 2010. - Disponivel em http://www.fumec.br/revistas/paideia/article/view/1281 - Acessado em 19/10/2015
Questão:103. É possível combinar várias funções em um ESPAÇO VERSÁTIL e MULTIFUNCIONAL?
Resposta:O espaço da Pedagogia Reggio Emília deve ser muLtifuncional e versátil possibilitando a constante modelagem e redesenho do mesmo. As transformações dever acontecer em longos (capacidade para possíveis ampliações, ajustes e transformações no espaço), ou curtos (divisórias, móveis, equipamentos, móveis com rodízio) períodos, Ou seja, o espaço deve permitir a apropriação através de apropriação, criação e manipulação de elementos fixos ou semi fixos.
Referência1:MACHADO, T. G. AMBIENTE ESCOLAR INFANTIL. 2008. 221f. Dissertação (Mestrado - área de concentração projeto espaço e cultura). Faculdade de Arquitetura e Urbanismo. Universidade de São Paulo, São Paulo. - Disponivel em http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/16/16136/tde-25032010-141702/pt-br.php - Acessado em 21/05/2014
Referência2:CEPPI, G.; ZINI, M. Children, spaces, relations: metaproject for an environment for young children. Italy: Reggio Children, 1998.
Questão:115. Quais são as áreas destinadas cada ATIVIDADE e como se organizam: locação, tipo de espaço e tempo?
Resposta:Organização: 1. Conjunto pedagógico: salas de aula, ludoteca, brinquedoteca, workshop, ateliê. 2. Conjunto de vivência e assistência: sala de descanso, pátio externo e interno, auditório. 3. Conjunto administração e apoio pedagógico: sala do professor e administração. 4. Conjunto de serviços: cozinha. Atividade: 1. Sala de aula: desenvolvimento de projetos e pesquisa. 2. Sala de descanso: descansar e dormir. 3. Lavatório: higiene 4. Pátio externo: socialização e pesquisa. 5. Pátio interno: socialização. 6. Ludoteca: atividades lúdicas. 7. Brinquedoteca: atividades lúdicas. 8. Auditório: cantar, danças, dramatização. 9. Workshop: atividade prática 10. Ateliê: atividade prática. 11. Cozinha: preparo do alimento. 12. Refeitório: alimentar-se. 13. Administração: atividades burocráticas. 14. Sala do professor: aperfeiçoamento, reuniões. Para ver o gráfico da LOCALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES, acesse o link abaixo.
Link:LOCALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES
Referência1:El Guadual Children Center - Disponivel em http://www.archdaily.com/534059/centro-de-desarrollo-infantil-el-guadual-daniel-joseph-feldman-mowerman-ivan-dario-quinones-sanchez/ - Acessado em 02/10/2015
Referência2:Nursery School in Berriozar - Disponivel em http://www.archdaily.com/321819/nursery-school-in-berriozar-javier-larraz-inigo-beguiristain-inaki-bergera/ - Acessado em 02/10/2015
Referência3:Tellus Nursery School - Disponivel em http://www.archdaily.com/98163/tellus-nursery-school-tham-videgard-arkitekter/ - Acessado em 02/10/2015
Questão:116. Existe a necessidade de ESTACIONAMENTO e ÁREA EXTERNA?
Resposta:A escola deve ser um local de integração entre interior e exterior, permitindo a total percepção das mudanças do tempo, ritmo do dia, estações do ano. Para tanto, deve-se fazer uso de elementos como varandas, jardins de inverno e espaços externos para atividades.
Referência1:CEPPI, G.; ZINI, M. Children, spaces, relations: metaproject for an environment for young children. Italy: Reggio Children, 1998.
Referência2:MACHADO, T. G. AMBIENTE ESCOLAR INFANTIL. 2008. 221f. Dissertação (Mestrado - área de concentração projeto espaço e cultura). Faculdade de Arquitetura e Urbanismo. Universidade de São Paulo, São Paulo. - Disponivel em http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/16/16136/tde-25032010-141702/pt-br.php - Acessado em 21/05/2014
Questão:133. Quais são as necessidades únicas de DESEMPENHO para acomodar as principais ATIVIDADES pedagógicas do projeto?
Resposta:1. Como o ensino é baseado no desenvolvimento de projetos, é importante que os espaços estejam preparados para dar suporte a uma grande variedade de atividades. Para tanto, é fundamental que os espaços de aprendizagem sejam flexíveis. 2. Os experimentos, muito comum no dia-a-dia dessa escola, traz a necessidade de ambientes como ateliês e workshops.
Questão:134. Quais são as necessidades únicas de DESEMPENHO criadas pelas RELAÇÕES entre as atividades?
Resposta:A praça central ordena e conecta os demais espaços de aprendizagem.
Imprimir